SALA DE BATE PAPO

SALA DE BATE PAPO DO BLOG DO CABO FERNANDO

Usuario :
Estado :
Idade :
Sexo : Homem Mulher Indeciso

quarta-feira, 4 de março de 2015

Anel Rodoviário, duas caras de uma mesma moeda

Anel Rodoviário: trecho não privatizado com problemas;
privatizado conservado e fluindo bem
Palco de inúmeras tragédias, o estado do Anel Rodoviário de Belo Horizonte, que tem parte sob a responsabilidade da iniciativa privada, divide opiniões. Por um lado, usuários que trafegam diariamente pela rodovia entre os trechos privatizado e o que ainda está sob a tutela do poder público afirmam já sentir melhorias em pavimentação e sinalização. Por outro, especialistas alertam que as mudanças ainda não foram significativas na parte gerida pela empresa particular.
Ao percorrer os 27 quilômetros da rodovia, nos dois sentidos, a reportagem do Hoje em Dia encontrou na porção sob a responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) – que vai do bairro Califórnia (região Noroeste) até a saída para Vitória – pista desnivelada em vários trechos, placas pichadas e cobertas pelo mato alto, dificultando a visibilidade dos motoristas.

Rumores sobre confisco da poupança seguem na contramão da realidade

O abismo entre a conjuntura econômica do Brasil em 1990, quando foi realizado o confisco da poupança pelo então presidente Fernando Collor, e a situação atual da economia do país inviabiliza que se repita o sequestro de recursos de brasileiros aplicados na caderneta de poupança.
Para economistas, rumores e falsas notícias que circulam nas redes sociais apontando para um novo confisco não possuem respaldo na realidade e têm conotações políticas, não econômicas.
“Estamos falando de uma inflação de quase 2.000% ao ano na década de 90 contra um índice atualmente em 7%. À época, a situação da economia exigia uma medida drástica e optou-se pelo confisco. Hoje não temos nada próximo daquilo e, além disso, há uma maior maturidade da democracia e da população brasileira, que não aceitaria esse tipo de ação do governo”, disse o professor de economia da Faculdade Ibmec Ricardo Couto.
Ele diz que foi consultado por amigos em dúvida se deveriam resgatar os valores depositados na poupança e conta que os tranquilizou por não enxergar nenhuma possibilidade de os boatos terem conexão com a realidade. Na mesma linha, o conselheiro do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais (Corecon-MG) e professor de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) Lourival Batista de Oliveira Júnior considera que não há razão para preocupação.

Polícia vai pedir prisão de PM acusado de matar dançarino DG

Douglas Rafael da Silva Pereira foi encontrado morto próximo a um barranco, dentro de uma creche da comunidade

O corpo de Pereira foi localizado nesta terça-feira (22)
dentro de uma creche no complexo; moradores dizem que
o foi espancado até a morte por policiais militares
O inquérito sobre a morte do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, o DG, morto na favela Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, no Rio de Janeiro, em abril de 2014, foi concluído pelo delegado Gilberto Ribeiro, do 13ª DP (Ipanema), e aponta um soldado PM como responsável pelo crime.
Ribeiro vai pedir nesta quarta-feira (4) a prisão, sob acusação de homicídio, do soldado Walter Saldanha Correa Júnior, segundo informação divulgada pelo "Jornal Nacional", da TV Globo.

AÇÃO Advogado busca apoio de colegas para se defender

Defensor tentou evitar prisão de homem que havia pisado na grama, mas policiais o acusam de desacato

Confusão foi em 2012, durante evento
na praça Floriano Peixoto
Um advogado processado por desobediência, desacato e resistência à prisão e por ter tentado facilitar a fuga de uma pessoa presa pela Polícia Militar (PM) vai mobilizar defensores de movimentos populares e dos direitos humanos para assinarem, conjuntamente, a defesa dele. Segundo Joviano Gabriel Maia Mayer, a situação que gerou a ação foi em 2012, durante um festival de música, quando ele defendeu um universitário preso por pisar na grama na praça Floriano Peixoto, em Santa Efigênia, na região Leste da capital.

CENTRO PM de Juiz de Fora usa a cavalaria contra ladrões

Alvos dos criminosos são, preferencialmente, alunos e comerciantes da região

Diante do grande número de furtos e roubos no centro de Juiz de Fora, na Zona da Mata, tendo como vítimas preferenciais dos ladrões alunos das 42 escolas localizadas na região, a Polícia Militar reforçou o contingente, lançando mão até da cavalaria para inibir os criminosos.
Reforço. Oito policiais a cavalo apoiam o efetivo 
tradicional; canil da PM também pode ser 
acionado
Somente em fevereiro, 37 ocorrências de roubo foram registradas no centro. A ação da cavalaria acontece das 11h às 14h, principalmente nas áreas de maior concentração estudantil, entre a rua Santo Antônio e a avenida Olegário Maciel.
Segundo o tenente Carlos Vilaça, da 4ª Cia de Missões Especiais da PM, oito cavalos e oito policias reforçam o patrulhamento na região. Quando a cavalaria não está presente, policias do canil são escalados para o serviço, que, segundo ele, faz a prevenção de crimes não violentos.

VAZOU Lista de Janot chega ao STF e tem nomes de Renan e Cunha

Presidentes do Senado e da Câmara teriam sido avisados da inclusão por Michel Temer; ambos negam

Juro que não sei de nada, quero que
o Senado caia na cabeça do Renam
se eu estiver mentindo 
BrasíliaA tão esperada lista de políticos que deverão ser investigados por envolvimento no esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina em contratos da Petrobras finalmente chegou nesta terça ao Supremo Tribunal Federal (STF). Enviada pelo procurador geral da República, Rodrigo Janot, a relação chegou ao Supremo acompanhada da informação extraoficial de que as duas principais lideranças políticas do país, Eduardo Cunha e Renan Calheiros, presidentes da Câmara Federal e do Senado, respectivamente, ambos do PMDB, estão entre os alvos da denúncia.
Fontes das bancadas do partido no Congresso revelaram que ambos teriam sido avisados pelo vice-presidente da República, Michel Temer, desde a última sexta-feira. Interlocutores do Planalto também confirmam a informação. Temer nega.
Caberá ao ministro Teori Zavascki deferir ou indeferir os pedidos de abertura de inquérito, o que deve ocorrer até a próxima sexta-feira, quando também poderá tornar o conteúdo oficialmente público.
Juro que não sei, quero que a Câmara caia
na cabeço do Cunha se eu estiver
mentindo
Segundo a assessoria de Temer, como o vice-presidente não foi comunicado de nenhum nome, não teria condições de repassar a informação a qualquer pessoa. Michel Temer recebeu Rodrigo Janot em sua residência oficial, o Palácio do Jaburu, na manhã da última quinta-feira em agenda que só foi divulgada posteriormente. Na ocasião, foi divulgado que a reunião foi para tratar questões orçamentárias do Ministério Público Federal (MPF).
Pelo Twitter, Eduardo Cunha negou que tenha recebido a informação. Da mesma forma, Renan Calheiros negou ter sido procurado. “Não tenho nenhuma informação”. Nesta terça à tarde, tão logo surgiram os primeiros rumores da inclusão dos nomes dos dois na lista de Janot, Calheiros anunciou, no Senado, a decisão de devolver à Presidência da República a Medida Provisória que reduz o benefício fiscal de desoneração da folha de pagamentos das empresas, o que seria uma retaliação ao governo.
http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/lista-de-janot-chega-ao-stf-e-tem-nomes-de-renan-e-cunha-1.1002997

terça-feira, 3 de março de 2015

Inquéritos para investigar políticos na 'Lava Jato' devem chegar ao STF nesta terça

Ilustrativa do blog
Os inquéritos para investigar políticos citados na operação "Lava Jato" devem chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF) nessa terça-feira (3), e seguir diretamente para o gabinete do ministro Teori Zavascki, relator na Corte dos casos envolvendo o esquema de corrupção na Petrobras. Apesar da chegada das peças ao Supremo, os nomes dos investigados e os pedidos da procuradoria podem demorar alguns dias para se tornarem públicos.

Isso porque Zavascki tem de decidir sobre a derrubada do sigilo em cada um dos casos. A inclinação do ministro é para acabar com o segredo, nos termos do que for solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Só após analisar todos os pedidos de investigação e decidir sobre o sigilo em cada uma das petições, o ministro irá liberar as peças.

Petrobras espera arrecadar US$ 13,7 bi com venda de bens e ativos para pagar dívidas

Para fazer caixa e pagar dívidas, a Petrobras elevou o valor dos projetos e investimentos de que pretende se desfazer em 2015 e 2016. A empresa espera obter até US$ 13,7 bilhões (R$ 39 bilhões) com as vendas.
 
A cifra representa um aumento de 25% em relação ao teto da meta original --de até de US$ 11 bilhões (R$ 32 bilhões), estabelecida em fevereiro de 2014 em seu Pano de Negócios 2014-2018. O piso, na época, foi fixado em US$ 5 bilhões (R$ 14,5 bilhões).
 
A Petrobras não listou os projetos que serão colocados à venda. Segundo a estatal, 30% dos recursos devem vir de projetos de exploração e produção, com a venda parcial ou integral de campos de petróleo e gás.
 
Outros 30% terão origem na área de abastecimento, que inclui refinarias, dutos, terminais e a rede de postos de combustíveis. A maior fatia deve ser obtida em empreendimentos de gás e energia, como termelétricas, gasodutos e unidades de produção de fertilizantes.

CARÊNCIA Verba para hospitais cai 72%

Rede Fhemig teve no ano passado o menor orçamento desde 2007; João XXIII precisa de reforma

HPS sofre com problemas hidráulicos desde o
ano passado; no sábado, cano rompeu
A verba destinada à gestão de urgência e emergência na rede da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) caiu 72% em 2014, em relação a 2013. No orçamento do ano passado, foram destinados R$ 11,2 milhões, contra R$ 41,4 milhões, no ano anterior. A redução do investimento se torna mais preocupante após os problemas enfrentados no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS), que sofre com o sistema hidráulico antigo, que provocou a queda do teto na sala de politraumatismo, no último sábado.

O investimento no ano passado é o menor desde 2007, quando esse modelo de divulgação de orçamento passou a ser  adotado. Desde então, a rubrica nunca havia ficado abaixo de R$ 30 milhões. Para 2015, a previsão é que sejam investidos R$ 58,7 milhões. Os recursos da Fhemig são de responsabilidade do governo do Estado, complementados com verbas da União.

PM apreende fuzil AK-47 e espingarda calibre 12 na Região Metropolitana de BH

As armas estavam com o caseiro de um hotel-fazenda em Esmeraldas. O homem afirmou que encontrou as armas em uma mala em uma rodovia da região

As armas foram encontradas depois de
uma denúncia anônima
A apreensão de armas de grosso calibre em uma ocorrência em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acende o alerta das autoridades. Policiais militares foram até um hotel-fazenda às margens da MG-808, na tarde desta segunda-feira, onde um homem estava com uma AK-47, de fabricação russa, uma espingarda semiautomática calibre 12, e um revólver. O suspeito afirmou ser caseiro do local e que achou as armas em um rodovia da região. 

Os militares foram até o endereço depois que uma pessoa foi até o quartel da PM denunciou que um morador estava com uma arma no local. Ao chegar no endereço, Paulo Sérgio Ferreira, de 37 anos, franqueou a entrada dos policiais e admitiu a posse do armamento. “O homem mostrou as armas. Disse que há aproximadamente cinco meses estava na rodovia quando avistou ocupantes de um carro que era perseguido pela polícia jogar uma mala fora. Ele pegou a bolsa e levou para casa. Somente lá viu que se tratava de armas”, explica o tenente Claudinei de Castro, da 8ª Companhia independente. 

Contribuinte se livra da obrigação de pagar passagens para cônjuges de deputados

Mesa Diretora da Câmara vai rever medida aprovada na semana passada que permite aos deputados federais usar verba do Legislativo para custear viagem das suas mulheres

"Se nós fizemos algo que a repercussão não está positiva, 
cabe a nós fazermos mea culpa e corrigirmos" -
 Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara dos 
Deputados
Brasília – Depois da repercussão negativa, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vai anunciar hoje o recuo em relação à medida aprovada pela Mesa Diretora na semana passada que permite o pagamento de passagens aéreas aos cônjuges dos deputados. O peemedebista não suportou a pressão da opinião pública e convocou uma reunião às 11h com a Mesa para discutir os termos do recuo. Para não tirar totalmente a regalia dos deputados, uma das medidas em estudo é que o benefício não será mais regra, mas, sim, exceção. Dessa forma, os parlamentares terão de requerer a passagem à Mesa, que decidirá caso a caso – mas sem a pressão popular. Cunha admitiu que houve o recuo devido à repercussão negativa da medida.“Estamos sempre subordinados à vontade da opinião pública. E se nós fizemos algo que a repercussão não está positiva, cabe a nós fazermos mea culpa e corrigirmos”, afirmou.

"Quem tiver de pagar, vai pagar", diz Janot sobre a Lava-Jato a ativistas

Movimento Limpa Brasil fazia uma vigília em frente à sede da Procuradoria-Geral da República, na noite desta segunda

Procurador-geral da República,
Rodrigo Janot
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, conversou com ativistas do Movimento Limpa Brasil que faziam uma vigília em frente à sede da Procuradoria-Geral da República, na noite dessa segunda-feira (2). 
Ao deixar o órgão, Janot foi ovacionado e parou para receber o grupo. Ele comentou a Operação Lava-Jato com os manifestantes e disse que vai “trabalhar com tranquilidade, com equilíbrio, e quem tiver de pagar, vai pagar”. Segundo o chefe do Ministério Público, a investigação será “longa”. “Nós vamos até o fim”, prometeu. O procurador-geral ainda posou para fotos segurando um cartaz: “Janot, você é a esperança do Brasil”. 

A manifestação foi organizada na véspera da entrega dos pedidos de inquérito contra políticos envolvidos na Lava-Jato. A documentação chega nesta terça-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF)

http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2015/03/03/interna_politica,623472/quem-tiver-de-pagar-vai-pagar-diz-janot-sobre-a-lava-jato-a-ativis.shtml

Modelo que teve perna amputada em acidente dá os primeiros passos com prótese

Paola Antonini, de 20 anos, voltou a andar dois meses após atropelamento
Jovem foi atropelada quando se preparava para viajar para Búzios (RJ)Instagram/Reprodução
A modelo Paola Antonini, de 20 anos, que teve uma perna amputada ao ser atropelada por uma motorista bêbada em dezembro do ano passado, viveu um momento marcante no último fim de semana: ela deu os primeiros passos com a prótese provisória. Paola compartilhou a experiência com seus seguidores pelo Instagram e postou um vídeo onde aparece caminhando com a perna mecânica.
A jovem comemorou a conquista e ressaltou a alegria de poder voltar a andar. Ela ainda fez planos de voltar a ter uma vida normal depois que se adaptar à prótese: "Depois de tanto preparo e espera por esse momento, pude andar de novo. Ontem foi meu segundo dia com a prótese provisória. Muito feliz em ver mais uma etapa realizada, dois meses depois do acidente. Agora é treinar muito pra já já conseguir andar direitinho, correr...vamos que vamos".
Ícone teen em Belo Horizonte, Paola ficou famosa por ter feito parte da "Galera Capricho", grupo de adolescentes que escreve para a revista voltada para o público jovem.
Paola comemorou a primeira caminhada e fez planos para o futuroReprodução/Instagram
Ela foi atropelada no dia 27 de dezembro, quando colocava sua bagagem no porta-malas de um Fiat Bravo estacionado na altura do número 1.123 da avenida Raja Gabaglia. A jovem viajaria com o namorado para Búzios (RJ), onde passaria a virada do ano, mas foi atingida por um Fiat 500 que manobrava para estacionar no mesmo local. 
De acordo com a Polícia Civil, a motorista que provocou acidente foi identificada como Diandra Lamounier Morais de Melo, de 24 anos. Ela foi submetida ao teste do bafômetro, que constatou 0,53 miligramas de álcool por litro de ar, e foi presa em flagrante. Além disso, testemunhas relataram que ela estaria em alta velocidade. Entretanto, pagou fiança de R$ 1.500 e deixou a delegacia do Detran (Departamento de Trânsito de Minas Gerais) no mesmo dia. 
A modelo ficou internada no Hospital Felício Rocho e ainda retornou à unidade semanas depois para passar por um procedimento preparatório para receber a prótese. De acordo com a assessodira de imprensa do Detran, o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Fagundes, pediu à Justiça extensão do prazo para encerrar as investigações.

Homem mata cunhado a facadas por causa de dívida de aluguel

Suspeito esfaqueou a vítima depois de ser ameaçado com uma barra de ferro
Daniel Garcia foi morto com 27 golpes de facaRecord Minas
Um homem foi assassinado a facadas pelo cunhado em Varginha, no sul de Minas Gerais. O motivo do crime seria uma discussão por causa do aluguel de um imóvel.
Paulo Sérgio Tolentino, de 38 anos, atingiu Daniel Garcia, de 30 anos, com 27 golpes de faca. Segundos parentes, a discussão entre os dois começou depois que a vítima exigiu que o cunhado pagasse aluguel para usar o espaço onde Tolentino guardava materiais recicláveis. Ele ameaçou colocar toda a sucata no meio da rua caso não recebesse o dinheiro e, como não entraram em um acordo, os dois começaram a brigar.
De acordo com testemunhas, Garcia ameaçou o cunhado com uma barra de ferro nas mãos e antes de cometer o crime, o suspeito chegou a chamar a polícia.
Entre os vizinhos, a vítima era conhecida pelo envolvimento com álcool e drogas. Tolentino trabalhava como servente e complementava a renda como catador de material reciclável. Ele foi preso horas depois de cometer o crime e foi levado para o presídio de Varginha.

Dupla é detida com 148 pedras de crack no centro de Belo Horizonte

Eles foram abordados em atitude suspeita na avenida do Contorno
Dupla foi abordada na avenida do Contorno, próximo à rodoviáriaGoogle Street View/Reprodução
Dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas na noite dessa segunda-feira (2) no centro de Belo Horizonte.   
Segundo a PM (Polícia Militar), durante patrulhamento de rotina pela avenida do Contorno, os militares perceberam que a dupla estaria em atitude suspeita.   
No momento da abordagem, um deles teria dispensado duas porções de crack e, ao ser questionado sobre a droga, disse que seria do amigo.  
No entanto, a PM encontrou mais 146 porções da mesma droga com o suspeitos e deu voz de prisão aos dois.  
Eles foram levados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, juntamente com a droga apreendida.
http://noticias.r7.com/minas-gerais/dupla-e-detida-com-148-pedras-de-crack-no-centro-de-belo-horizonte-03032015