ANUNCIE AQUI E SAIA VENCEDOR

terça-feira, 21 de outubro de 2014

TUDO SOBRE CONTROLE, SEGURANÇA PÚBLICA ESTA UMA MARAVILHA, POLÍCIA FEDERAL MUITO BEM PAGA E AUTONOMIA TOTAL. PALAVRAS DA EXCELENTISSIMA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF



Editorial do Blog do Cabo Fernando: Meus amigos leitores e seguidores deste blog, a eleição do segundo turno esta se aproximando e também a vitória ou derrota de todo o povo brasileiro. A candidata a reeleição chama a sua campanha de governo novo e vida nova, mas como se são exatamente 12 anos contanto 08 anos do governo Lula e mais 04 anos do governo Dilma, agora essa candidata quer mais 04 anos e no final desses 04 anos caso ela ganhe com certeza irá passar ou para o Lula ou para outro candidato do PT, que governo novo é esse e vida nova é essa? Ela esta fazendo mil e uma promessa e ninguém percebeu que a maioria dessas promessas são as mesmas do Lula e dela em seu primeiro governo, se não cumpriu antes como vai cumprir agora? Até as pessoas com problemas visuais enxergam o que é óbvio. Minha gente só há mudanças no governo quando há alternância no poder. Quando algum governante fica tanto tempo no governo só quem se da bem é ele e seus familiares que ficam cada vez mais milionários as custas de eleitores trouxas que nem nós, que não enxergamos o óbvio, que nos vendemos por uma simples bolsa de pouco mais de R$100,00, enquanto a vida vai passando e nós pais e avós vamos ficando cada vez mais velhos e vamos deixando para os nossos filhos e netos um país cada vez mais difícil de se viver. Meus amigos e amigas, o voto é mais poderoso e mais venenoso do que um tiro de revolver, pois com um tiro de revolver quem morre é quem levou o tiro, agora com um voto mal direcionado muitos podem sucumbir. Não precisa de saber ler e escrever para ver as interferências que o nosso querido Brasil esta sofrendo dos países comunistas como Cuba e Venezuela, qualquer pessoa vê as amizades que o ex-presidente Lula e a atual presidente Dilma mantém com esses países. Até guerrilhas existe nas manifestações de hoje no Brasil, guerrilheiros bandidos estão usando bombas e se infiltrando nas manifestações, isso esta acontecendo do inicio do governo Lula para cá, antes existia baderna sim, mas não com uso de bombas, é esse legado que vocês estão querendo deixar para os seus filhos e netos? Os mesmos que se queixam de ter sidos torturados no passado, são os mesmos que estão se juntando com países de guerrilha, vocês já perceberam como é a vida da população desses países, já viram como que é uma manifestação nesses países? A presidente Dilma ataca o Aécio de todas as maneiras, mas por acaso vocês já pesquisaram o seu passado? Em suas isenções na TV e nos debates, para a candidata Dilma o Brasil esta indo as mil maravilhas OBRIGADO, a inflação esta sobre controle e nós sabemos que não esta, a criminalidade esta controlada e nós sabemos que não esta, até criminosos estrangeiros temos aqui, ela diz também que a nossa Polícia Federal tem liberdade de ação, que o salário desses valorosos policiais esta nos trink (uma maravilha), mas o que esta nos trink é o salário dela, o do Lula que passou da condição de pobre no início de seu governo para o de milionário no final, também o do filho dele que de trabalhador em zoológico passou a sócio da Friboi, esses sim estão nos trink. Agora o salário da nossa PF esta doente, assim como o dos aposentados brasileiros que vivem do salário mínimo. Dia 26 de outubro temos condição de mudar toda essa situação, sem fazer qualquer manifestação, sem fazer baderna, sem quebradeira e sem agressão, usando apenas a arma mais poderosa que temos, o nosso voto. INDEPENDÊNCIA OU MORTE.

Manifestação
Agentes federais cruzarão os braços por 72h a partir desta terça
Em Belo Horizonte, o início da greve virá acompanhado de uma manifestação dos policiais federais, às 17h30, no Gutierrez
 Agentes federais de Belo Horizonte, Varginha, no Sul de Minas, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro,  farão uma paralisação de 72h a partir desta terça-feira (21), segundo o Sindicato dos Policiais Federais no Estado de Minas Gerais (Sinpef-MG). Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal reclamam da falta de prestígio, dos salários congelados há seis anos, e do descumprimento, por parte do governo, do termo de acordo que finalizou a última greve da categoria, em 2012.
Em Belo Horizonte, o início da greve virá acompanhado de uma manifestação dos policiais federais, nesta terça, às 17h30, em frente à Superintendência Regional da Polícia Federal, no Gutierrez, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.
De acordo com o Sinpef, o estopim da paralisação é a recente Medida Provisória (MP) 657, que propõe restringir as chefias e o conceito de autoridade policial somente para o cargo de delegado. Segundo sindicato, a medida cria uma hierarquia política nunca existente na Polícia Federal, e retira a autoridade e autonomia técnica dos demais policiais envolvidos nas investigações.
"Injustificável"
Em nota, a Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) e a Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (Fenadepol) classificam como injustificável a realização de movimento grevista, na semana que antecede o segundo turno das eleições gerais de 2014.
Para a ADPF, a MP 657 complementa a MP 650, que fala sobre nível superior para agentes escrivães e papiloscopistas, e as duas "reconhecem em lei situações funcionais há tempos já consolidadas de fato no âmbito da Polícia Federal, valorizando a capacitação profissional dos servidores de carreira da Polícia Federal".

 http://www.otempo.com.br/cidades/agentes-federais-cruzar%C3%A3o-os-bra%C3%A7os-por-72h-a-partir-desta-ter%C3%A7a-1.934955

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Jovem é preso debaixo da cama com arma furtada de policial militar

Suspeito disse que estaria andando armado porque vinha sendo ameaçado de morte
Um jovem de 18 anos foi preso por porte ilegal de arma na noite de domingo (19) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a PM (Polícia Militar), o suspeito foi flagrado em atitude suspeita na escada de um imóvel no bairro Três Barras.   
Ainda conforme a PM, o suspeito estaria fumando um cigarro de maconha quando percebeu a chegada dos militares e, imediatamente, jogou um objeto por cima do portão, correu para dentro da residência e se escondeu debaixo de uma cama.  
Ao entrar no imóvel para realizar buscas, os militares encontraram o jovem sob a cama e apreenderam também um revólver calibre 38, que teria sido furtado de uma viatura policial no dia 13 de setembro no bairro Coração Eucarístico, região noroeste de BH.  
O suspeito alegou que estaria andando armado porque vinha sofrendo ameaças de morte de traficantes de droga do Barreiro. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Contagem, juntamente com a arma apreendida.
Em agosto do ano passado, a polícia prendeu quatro pessoas e apreendeu 8 kg de maconha escondidos embaixo da cama de uma casa na região metropolitana de BH.

Caminhoneiro esfaqueia adolescente e homem durante briga em Contagem (MG)

Suspeito estaria embriagado e foi detido em flagrante

Um caminhoneiro esfaqueou duas pessoas durante uma briga na noite de domingo (19) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu na rua Marte, bairro Jardim Riacho das Pedras e o suspeito foi detido em flagrante.  
Segundo a PM (Polícia Militar), o caminhoneiro estaria embriagado e teria ido até um carrinho de cachorro quente e pedido um lanche para levar. Ao notar que o homem não tinha dinheiro, o dono do carrinho disse que não faria o sanduíche.   
Diante da negativa, o suspeito foi até seu caminhão e pegou uma faca de cozinha e se dirigiu a um bar localizado em uma praça da região. Entretanto, vários adolescentes o seguiram e, ao perceber os menores, o homem teria iniciado uma briga e acabou atingindo um deles com duas facadas na região do abdômen. Um outro homem interviu para tentar apartar a briga e também acabou sendo ferido com uma facada nas costas.   
Neste momento, várias pessoas ajudaram a conter o homem até a chegada da polícia. O suspeito foi detido e, além da faca utilizada no crime, os militares apreenderam ainda um facão e uma faca ornamental em seu caminhão. O veículo ficou aos cuidados do irmão do homem.  
Já as vítimas foram socorridas para o Hospital Municipal de Contagem, onde permanecem internadas em observação e a ocorrência foi registrada na Delegacia de Plantão do município.  
Em setembro deste ano, um homem foi detido após esfaquear outro em uma lanchonete no centro de Belo Horizonte. 

Torcedor é preso por chamar PM de "macaco" em jogo do Atlético

Policial orientava passagem no Independência quando foi ofendido
Antes da partida entre Atlético e Chapecoense, na noite deste sábado (18), em Belo Horizonte, um homem de 51 anos foi preso dentro do estádio Independência por chamar um policial militar de "macaco".
Fifa usa ‘selfie’ de jogadores famosos contra o racismo

O militar, do BPE (Batalhão de Polícia de Eventos), deu ordem para o suspeito não ultrapassar uma barreira. Irritado, o homem, R.P.V.,  teria afirmado: "eu vou passar, seu macaco. Você é preto e eu sou branco. Macaco".

Testemunhas confirmaram a injúria racial, de acordo com o boletim de ocorrência.

O homem foi preso em flagrante e levado para a delegacia de eventos, que funciona no estádio em dias de jogos.
Apesar de dezenas de manifestações criminosas nos estádios do mundo todo, o presidente da FIFA acredita que não há racismo no futebol:

Suspeita de matar marido a facadas em churrasco é ouvida e liberada

Ela afirmou que o companheiro escorregou e se feriu na queda; testemunha nega
Suspeita de matar o marido a facadas em Contagem, na Grande BH, uma mulher foi ouvida pela Polícia Civil e liberada por falta de provas.

Marcos Valério de Souza, 53 anos, foi encontrado morto por policiais militares na noite deste sábado (18) dentro de casa no bairro Bernardo Monteiro, em Contagem, na Grande BH. A mulher, J.A.G., de 37 , socorria o marido quando os PM´s chegaram.

Resultado da eleição pode afetar relação com EUA?

Relações devem demorar para se reaquecer, independente de quem vença eleições
Mais de um ano depois das revelações sobre o alcance da espionagem dos Estados Unidos no Brasil, as relações entre os dois países ainda estão longe de um reaquecimento, e há pouca expectativa em Washington de que haja mudanças profundas após a eleição presidencial brasileira.
Apesar de verem alguns sinais de abertura por parte do governo Dilma Rousseff (candidata à reeleição pelo PT) e a possibilidade de um diálogo mais intenso na área de comércio caso Aécio Neves (candidato do PSDB) seja eleito, analistas americanos afirmam que as diferenças entre os dois candidatos são pequenas no que se refere às relações bilaterais.

Angustiados, sem beira e nem eira, petistas apelam para todos os santos na tentativa de aumentar a rejeição do mineiro Aécio Neves

Petistas atacam para tentar aumentar rejeição a Aécio

Foto ilustrativa deste blog
São Paulo - A campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff chegou à conclusão de que há poucas chances de obter mais apoiadores daqui até o dia da votação, no domingo que vem, dia 26, razão pela qual não pretende abandonar os ataques ao adversário Aécio Neves.

Com isso, o comitê petista espera aumentar a rejeição do adversário, reduzindo suas chances. A tática da vitimização, já ensaiada no final da semana passada com discursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também será explorada.

A própria Dilma entrou no assunto neste domingo, 19, antes do debate da TV Record. Disse que Aécio precisa "aprender a respeitar as mulheres". "Com mulher não pode ser assim", disse. Na internet, o comitê de Dilma lançou a campanha "Mais Dilma, Mais Amor", na qual combate o "ódio eleitoral" e usa como exemplos casos de petistas agredidos nas ruas por tucanos nas últimas semanas.

Oposição quer convocar Gleisi Hoffmann (PT) para explicar propina de R$ 1 milhão

Partidos querem que a senadora petista explique na CPMI da Petrobras a denúncia de que sua campanha em 2010 teria recebido R$ 1 milhão do esquema de propinas na estatal
Sob suspeita de receber dinheiro do esquema de Paulo Roberto Costa, Gleisi Hoffmann divulgou nota contestando a denúncia (Pedro França/Agência Senado)
Sob suspeita de receber dinheiro do esquema de Paulo Roberto Costa, Gleisi Hoffmann divulgou nota contestando a denúncia

Brasília – A oposição na Câmara dos Deputados quer que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) explique na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras a denúncia de que teria recebido R$ 1 milhão do suposto esquema de pagamento de propinas na estatal. O requerimento para convocar a petista será apresentado pelo líder do Solidariedade, o deputado paranaense Fernando Francischin, que ontem partiu para o ataque contra a senadora, que nega as acusações.

Famílias esperam respostas da Igreja sobre homossexuais e divorciados


Sínodo termina sem consenso, mas discussões sobre a acolhida de homossexuais e divorciados pela Igreja continuam em 2015. Em BH, fiéis querem seguir o evangelho sem culpa e comungar
Wendel e Everton se casaram com cerimônia na igreja evangélica que acolhe casais do mesmo sexo (Túlio Santos/EM/DA Press)
Wendel e Everton se casaram com cerimônia na igreja evangélica que acolhe casais do mesmo sexo

Milhões de católicos aguardam respostas do Vaticano que podem significar mudanças e até mesmo libertação. A 3ª Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, que discutiu, desde o dia 5, questões relacionadas à família, terminou ontem sem consenso, mas a expectativa é que o papa Francisco se reúna no ano que vem novamente e só então anuncie as decisões e orientações da Igreja para temas como o divórcio e a união entre homossexuais. Nas paróquias de Belo Horizonte, as discussões também acontecem. Nos últimos 15 dias, padres abordam o tema em suas homilias, exaltando a necessidade de acolher cada vez mais “o rebanho que também é filho de Deus”. Entre os fiéis, pode ser a hora de romper barreiras e seguir o evangelho sem culpa.

Pichações em BH causam impasse entre defensores da punição e da educação


Combate a pichadores esbarra na legislação branda, que favorece vandalismo. PM quer lei mais rigorosa, mas PBH acredita que saída é o trabalho de conscientização

A ousadia dos pichadores que atacaram a fachada da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa e as esculturas instaladas na entrada do prédio, na Praça da Liberdade, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na madrugada de sexta-feira, levanta a discussão sobre o problema em toda a capital. Apesar das ocorrências de pichação em BH estarem diminuindo desde 2012 (veja quadro), de janeiro a setembro deste ano foram 260 registros, média de 28 casos por mês. Segundo especialistas, o resultado de tanta sujeira é a depreciação da cidade, que acaba incorporando uma marca negativa sob o aspecto dos cuidados com seu patrimônio. Com uma lei branda, que possibilita que os infratores respondam em liberdade, os órgãos públicos não conseguem frear as ações de vandalismo. A Polícia Militar defende mais rigor da lei, enquanto a Prefeitura de BH aposta em um projeto de conscientização nas escolas, cujo resultado é esperado para daqui a 20 anos. Além disso, as autoridades acreditam que a maior celeridade do andamento dos casos na Justiça poderia ajudar a inibir os pichadores.

Quando não é uma denúncia de político do PT, é denúncia de político de algum partido coligado, nesse caso o PMDB

 Procuradoria investiga declaração de bens de Sávio Souza Cruz

Sávio Souza Cruz
A Procuradoria Regional Eleitoral em Minas Gerais está investigando incompatibilidade entre a declaração de bens do deputado estadual Sávio Souza Cruz (PMDB), apresentada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), e o patrimônio efetivo dele. O Hoje em Dia teve acesso com exclusividade à denúncia que aponta uma possível omissão de bens, o que é crime eleitoral.
Candidato ao quinto mandato consecutivo, Sávio aumentou o patrimônio declarado em 560% entre 2002 e 2014. O salto foi de R$ 1,5 milhão para R$ 9,9 milhões, conforme informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Mas o patrimônio pode ser ainda maior. Em sua fazenda Monte Alvão, na cidade de Esmeraldas, na Região Metropolitana de BH, Sávio possui pelo menos 180 cabeças de gado, da raça pardo-suíça, mas os animais não constam na documentação apresentada ao TRE. Entre os criadores da raça, a fazenda é considerada modelo.

Cadastro do irmão de Dilma na PBH tinha endereço fantasma

Irmão de Dilma Rousseff, Igor Rousseff



O cadastro funcional do advogado Igor Rousseff junto à Prefeitura de Belo Horizonte traz a informação que o endereço de residência dele na Capital seria uma casa localizada na região da Pampulha. Este seria o principal argumento para justificar que o irmão da presidente Dilma teria residência fixa em Belo Horizonte e, com isso, não seria funcionário fantasma da administração de Fernando Pimentel (PT), como foi denunciado semana passada pelo presidenciável Aécio Neves durante debate no SBT. A informação, no entanto, embora conste de documento oficial, não foi confirmada por nenhum dos vizinhos da casa localizada na alameda Jacarandá, ouvidos pela reportagem do jornal Hoje em Dia.
 
Moradores da cidade de Passatempo, no Campo das Vertentes, já haviam informado que Igor Rousseff mora regularmente há pelo menos 18 anos no município, localizado a quase 150 quilômetros da capital. Único irmão vivo da candidata do PT, Igor foi nomeado assessor especial do então prefeito Fernando Pimentel (PT) em 2003 e permanecido no cargo até a posse de   Marcio Lacerda, em 2009. O endereço que consta no contrato de trabalho do irmão da presidente é da mãe de Dilma Rousseff, mas segundo vizinhos da família, ele nunca morou no imóvel. As declarações dos moradores colocam ainda mais em dúvida se o ex-prefeito e governador eleito de Minas, Fernando Pimentel, teria mesmo empregado por seis anos uma pessoa sem endereço fixo na capital, irmão de sua amiga, a então ministra Dilma Rousseff.

Propostas de Pimentel exigem R$ 37,3 bilhões

Para tirar do papel as principais propostas feitas durante a campanha nas áreas de saúde, educação e segurança, analisadas pelo Hoje em Dia, o governador eleito em Minas, Fernando Pimentel (PT), terá que investir R$ 37.337.248.170,51 durante seu mandato de quatro anos. O valor representa aproximadamente 52% da arrecadação feita pelo Estado em 2013.
Considerando as ideias apresentadas pelo petista, a reportagem fez um cálculo estimado do valor necessário para contratar 12 mil policiais militares; instalar um tablet e um GPS em cada uma das viaturas da Polícia Militar; construir nove Hospitais Regionais e 77 Centros de Especialidades Médicas; pagar o piso nacional aos professores; e investir 12% da arrecadação em saúde e 25% em educação.
Os dados usados no levantamento são disponibilizados pelo governo de Minas via Portal da Transparência, na Lei Orçamentária Anual (LOA) e na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).
Para a segurança pública, de acordo com o sociólogo e coordenador do Centro de Pesquisas em Segurança Pública da PUC Minas, Luiz Flávio Sapori, o aumento do efetivo, a integração das polícias Civil e Militar, e a instalação de tablets e GPS nas viaturas são medidas “plenamente viáveis” no prazo de quatro anos. “As duas academias de polícia têm estrutura para fazer o recrutamento. 

Record Debate não teve ofensas pessoais, mas foi tenso

Candidatos à Presidência se enfrentaram neste domingo (19) no penúltimo encontro antes do segundo turno

Tensão. A discussão sobre a Petrobras foi um dos momentos mais nervosos no debate promovido pela Rede Record na noite de ontem

Ao contrário do último debate, realizado na quinta-feira pelo SBT, no evento deste domingo, promovido pela Rede Record, os candidatos à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), evitaram ataques pessoais e discutiram temas que ainda não haviam sido abordados em debates anteriores, como tributos (universalização do Simples), violência (homicídios de jovens) e flexibilização dos direitos trabalhistas.

domingo, 19 de outubro de 2014

Irmão de Dilma morava no interior quando era funcionário da Prefeitura

advogado Igor Rousseff
 
Único irmão vivo da presidente Dilma Rousseff (PT), o advogado Igor Rousseff vive na cidade mineira de Passa Tempo há pelo menos 18 anos, segundo os próprios moradores da cidade. 
 
“Ele morava em um trailer daqueles de viagem, depois construiu a casa que está lá no terreno hoje, mas sempre morou aqui. Anda por aqui de bicicleta, o tempo todo, é muito gente boa e não tenho nada contra ele, pelo contrário”, diz o aposentado Geraldo Amorim Andrade. Outro morador, um sitiante que preferiu não se identificar, confirma o que disse o sr. Geraldo. “O Igor sempre morou aqui e depois que a primeira mulher dele morreu, vive com uma moça daqui da cidade”, disse, fazendo referência a Valquíria, segunda mulher de Igor Rousseff. “Hoje ele nem trabalha, passa o dia andando de bicicleta. A cidade é tranquila”, disse o morador. Outros moradores da cidade ouvidos pela reportagem confirmaram que Igor construiu a casa onde mora hoje.
 
O advogado de 67 anos saiu do anonimato depois que o senador Aécio Neves (PSDB) o acusou de ter sido funcionário fantasma da Prefeitura da capital mineira. Segundo Aécio, Igor teria sido nomeado assessor especial do então prefeito Fernando Pimentel em 2003 e permanecido como funcionário da prefeitura até a posse de Marcio Lacerda, no início de 2009, sem no entanto ter dado expediente regular onde era lotado. “Não sei se ele não trabalhava em Belo Horizonte, mas o que posso dizer é que ele sempre morou aqui, desde muito tempo, e não viajava com frequência para a capital”, afirmou à reportagem um vereador da cidade, que também pediu anonimato. “Gosto dele, não quero me indispor por falar a verdade”, concluiu. Passa Tempo tem pouco mais de 8 mil habitantes e fica 143 quilômetros distante de Belo Horizonte.
 
NOTA DA PREFEITURA
 
Pimentel negou a acusação e disse, por meio de nota, que Igor era frequente na função que tinha em seu gabinete. Antes de 2003, Igor foi Secretário de Cultura em Ouro Preto, na gestão de Marisa Xavier Sans, do PDT. A prefeita foi afastada pela Câmara de Vereadores da cidade na mesma época, acusada de improbidade administrativa relacionada justamente ao patrimônio cultural da cidade. Alem disso, depois de passar pela Prefeitura de Belo Horizonte, Igor Rousseff teria também trabalhado para a Prefeitura de Juiz de Fora.
 
FAMÍLIA
 
O filho de Igor, o médico cardiologista Pedro Rousseff, conta uma história diferente. Segundo ele, há 25 anos o pai conheceu a cidade e teria gostado tanto que comprou um terreno. Conforme relatos de Pedro, eles passavam os finais de semana na cidade alojados em um trailer para viagem. De acordo com o filho, o local é residência fixa há menos tempo.
 
Pedro diz ainda que o pai trabalhou na Prefeitura quando a irmã Dilma ainda não era presidente. Igor foi nomeado pelo então prefeito Fernando Pimentel (PT) para o cargo de assessor especial em setembro de 2003. Ficou no posto até dezembro do ano seguinte. Depois, retornou à administração, em março de 2005, permanecendo até dezembro de 2008. Foi exonerado quando Marcio Lacerda (PSB) ganhou a eleição para o Executivo municipal.
 
Pedro contou que o pai não deu atenção maior à denúncia feita por Aécio. “Ele está tranquilo. Se fosse político teria dito: ah, vou processar. Ele não. Sabe que não é isso”, afirmou. Conforme afirmou Pedro, Igor é formado em direito, jornalismo e hotelaria.
 
TRANQUILO - Foto de viagem: histórico de serviços prestados a três prefeituras de cidades mineiras. Foto: Reprodução/Facebook
Família reclama que é atingida pelo tom acirrado da disputa eleitoral
 
O irmão de Dilma não estava em Passa Tempo neste sábado. Viajou em férias para o Rio de Janeiro com a segunda esposa, Valquíria. Ele tem 67 anos, nasceu em janeiro de 1947 e Dilma, em dezembro do mesmo ano.
 
A família reclama que o tom acirrado da disputa eleitoral acaba por atingi-los. Pedro, que é cardiologista na capital mineira e atende em um consultório na casa do pai em Passa Tempo, afirmou que um dos filhos, de 11 anos, chegou a sofrer represálias de colegas de uma escola particular de Belo Horizonte. Ao lado do pai, o adolescente contou que foi empurrado quando Dilma passou para o segundo turno. “Fui na diretoria e eles quase foram expulsos”, disse. 
 
Na sexta-feira, também sofreu agressões verbais. Pedro explicou que o outro sobrinho de Dilma é procurador da República, bem como a filha dela, Paula. “Somos familiares que não dão trabalho algum para o presidente”, afirmou.
 
Igor é conhecido pela discrição
 
Igor é descrito pelos moradores de Passa Tempo como uma pessoa discreta. Na cidade, é comum verem adesivos do senador Aécio Neves. A única referência que se faz a Dilma, ao longo das vias principais de Passa Tempo, é um pequeno adesivo afixado na caixa de correio de Igor. Ele tem na garagem um fusca e uma bicicleta. “Ele anda pra cima e pra baixo de bicicleta. Nem fala que é irmão da presidente. Nunca pediu um voto pra gente (sic)”, contou uma moradora. Como a cidade é pequena, cerca de oito mil habitantes sendo quase metade residente na zona rural, os moradores ficaram constrangidos em se identificar.
 
 http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/irm-o-de-dilma-morava-no-interior-quando-era-funcionario-da-prefeitura-1.276231